compartilhe

A exposição “Quase Pinturas”, de Fabio Cardoso, apresenta 13 trabalhos a óleo feitos a partir de fotos de celular e fica em cartaz na CAIXA Cultural de 27 de maio a 23 de julho.

Com curadoria do crítico de arte Agnaldo Farias, a exposição “Quase Pinturas”, parte do processo de criação de Fabio Cardoso com parte da tela de pintura coberta de tinta preta. Com terebentina, ele vai removendo essa tinta para revelar cenas que registra com a câmera do celular. Para finalizar, o artista sobrepõe uma placa fina de acrílico transparente, colorido ou não, à tela a óleo, que remete à velatura (leve camada de tinta aplicada sobre a pintura, deixando transparecer a tinta que está por baixo).

O ato de subtrair tinta da tela para formar imagens aproxima essa série, iniciada em 2014, do processo escultórico, como se o material bruto estivesse sendo esculpido para fazer surgir a figuração. Daí o título da mostra, Quase Pinturas. Para o curador Agnaldo Farias, Cardoso consegue “entrelaçar ações meticulosas e atentas com o acaso”.

A abertura da exposição, sábado, 27 de maio, às 16h, terá visita guiada com curador e, às 17h30, o debate Aspectos da pintura contemporânea com os artistas Fabio Cardoso, Afonso Tostes e Carlos Vergara, sob a mediação de Agnaldo Farias.

Entrada Gratuita.

ENDEREÇO

Av. Almirante Barroso, 25 - CAIXA Cultural - Centro
Rio de Janeiro - RJ
20031-003

horário de
Funcionamento

Visitação de terça a domingo, das 10h às 21h.

Envie por email

Enviando mensagem...