compartilhe

A Galeria de Arte Ipanema abre no dia 28/11, às 19h, a exposição “Raro Percurso – 52 anos da Galeria de Arte Ipanema”, que marca a inauguração de sua nova sede.

Serão exibidas cerca de 60 obras de aproximadamente 50 artistas de várias gerações e diferentes pesquisas, expoentes da arte contemporânea e do modernismo, entre eles grandes mestres da arte cinética, do concretismo e do neoconcretismo. Junto a pesos-pesados da arte, a exposição também reunirá pinturas de artistas mais jovens, como a norte-americana Sarah Morris (1967), que fez “Banco Aliança [Rio]” (2012) – conhecida por suas pinturas geométricas de cores vibrantes, inspiradas principalmente na arquitetura das grandes metrópoles – e os paulistanos Henrique Oliveira (1973) e Mariana Palma (1979). Em uma verdadeira festa para o olhar, a exposição se inicia com seis pinturas cinéticas da famosa série “Physichromie” de Cruz-Diez (1923) – artista representado pela galeria –, que oferecem três diferentes conjuntos de cores de acordo com a posição do espectador: de frente, caminhando da esquerda para a direita, ou no sentido contrário. Esses trabalhos se juntam a outros grandes nomes da arte cinética, como um óleo sobre tela da década de 1970 e um móbile dos anos 1960 de Julio Le Parc (1928); uma versão em formato de 55cm da espetacular “Sphère Lutétia” (1996), uma das três obras de Jesús Soto (1923-2005) na mostra; uma pintura de mais de 1,60m da série “W” de Abraham Palatnik (1928), entre trabalhos de outros cinéticos, como o relevo de quase três metros de largura de Luis Tomasello (1915-2014).

Entrada franca

ENDEREÇO

R. Aníbal de Mendonça, 27 - Galeria Ipanema - Ipanema
Rio de Janeiro - RJ
22410-050

+55 21 25128832

horário de
Funcionamento

Segunda a sexta, das 10h às 19h. Sábado, das 11h às 15h.

Envie por email

Enviando mensagem...