compartilhe

O Hotel Nacional está de volta. Inaugurado em 1972, já foi o mais sofisticado da cidade e esteve fechado durante cerca de 20 anos, tendo permanecido como ponto de referência no bairro de São Conrado.

O edifício, tombado pelo Instituto Rio Patrimônio da Humanidade, tem assinatura de Oscar Niemeyer e mantém o impactante painel de concreto do artista Carybé, instalado no lobby e formado por 300 peças de concreto armado e a escultura Sereia, de Alfredo Cheschiatti que recepciona os visitantes na entrada do Gran Meliá Nacional Rio. Os jardins originalmente planejados por Roberto Burle Marx  foram remodelados. O espaço de urban resort do hotel busca oferecer um novo espaço de lazer para os cariocas e também contará com um moderno centro de eventos a partir de 2018.

O Gran Meliá Nacional Rio possui 413 quartos e suítes com decoração refinada e vistas privilegiadas da cidade, com opções que revelam o mar e as montanhas do Rio. Entre as conveniências do hotel, há três bares exclusivos, como o Bardot, especializado em tapas; dois restaurantes, com destaque para a cozinha mediterrânea do Sereia; e instalações de lazer e bem-estar, como o Spa by Clarins. O hotel é o único da cidade a contar com um heliponto. Entre as regalias oferecidas, há os serviços do RedLevel, que garante acesso a espaços exclusivos, formando um hotel boutique dentro do próprio hotel, com recepção privativa, área de café da manhã e bar com drinques especiais para os hóspedes que prezam pelo luxo e exclusividade dos serviços.

ENDEREÇO

Avenida Niemeyer, 769 - São Conrado
Rio de Janeiro - RJ

Envie por email

Enviando mensagem...