Tia Ciata, juntamente com outras tias baianas, foi uma das responsáveis pelo desenvolvimento e consolidação do Samba no Brasil.

Hilária Batista da Silva, conhecida como Tia Ciata, cozinheira e mãe de santo nascida na Bahia, é uma das figuras mais influentes da cultura negra carioca do início do século XX. Realizava encontros entre os músicos e religiosos filhos de santo, e nessas seções a música dava o tom. Músicos importantes como Donga e Pixinguinha eram frequentadores assíduos das rodas, e especula-se que ‘Pelo Telefone’, primeiro samba gravado em disco, foi escrito em um desses encontros.

A Casa da Tia Ciata é um escritório da Organização dos Remanescentes da Tia Ciata (ORTC) e espaço cultural para manter viva a memória da dama do samba. Uma exposição permanente sobre a veterana do samba é a principal atração do espaço.”

ENDEREÇO

Rua Camerino, 5 - Centro
Rio de Janeiro - RJ
20080-010

horário de
Funcionamento

Terça e quinta-feira, das 14h às 17h. Sexta-feira, das 14h às 18h30.

Envie por email

Enviando mensagem...