compartilhe

Trilhas, cachoeiras, mata preservada, pontos turísticos… a lista de atrações do parque é extensa e imperdível!

Convite imperdível aos que desejam um contato mais próximo com a natureza, o Parque Nacional da Tijuca é atualmente o mais visitado do país, recebendo cerca de dois milhões de visitantes por ano. Formado por grandiosas montanhas, grutas, cachoeiras e trilhas que desvendam belas paisagens, o parque é um exemplo de como a natureza pode conviver em harmonia com a cidade.

Diversos pontos turísticos estão reunidos em seus quase quatro mil hectares: Floresta da Tijuca, Corcovado e Vista Chinesa são apenas alguns deles. Terceiro maior do país, o parque é dividido em quatro setores: Floresta da Tijuca, Serra da Carioca, Pedra Bonita/Pedra da Gávea e Pretos Forros/Covanca. Conheça a seguir as diferenças e como os espaços são procurados por cariocas e turistas que querem aproveitar o tempo livre em total harmonia com a natureza.

Floresta da Tijuca

Este setor abriga o Pico da Tijuca, o Pico do Papagaio, a Cascatinha Taunay e a Floresta da Tijuca, maior área urbana reflorestada do mundo. Esta área preservada de Mata Atlântica é bastante procurada por cariocas e turistas para a parática de atividades físicas, passeios e caminhadas. Pássaros, plantas nativas e árvores frutíferas compõem a flora e a fauna da Floresta da Tijuca.

Ponto mais alto do parque, com 1022 metros, o Pico da Tijuca é facilmente acessado por uma trilha que começa na Estrada da Cascatinha, no Alto da Boa Vista. Embora pareça difícil chegar ao topo deste que é o segundo pico mais alto da cidade, a trilha pouco íngreme torna o percurso agradável mesmo para os iniciantes na prática de esportes de aventura. Do topo do Pico da Tijuca, o visitante pode admirar uma visão panorâmica da cidade, da Zona Norte à Zona Sul, incluindo ainda a Baixada Fluminense, a Zona Oeste, o Centro do Rio e a ponte Rio-Niterói.

Serra da Carioca

Com acesso pelos bairros do Cosme Velho, Jardim Botânico e Alto da Voa Vista, este setor abriga três notáveis pontos turísticos da cidade: Parque Lage, Vista Chinesa e Morro do Corcovado. A Vista Chinesa fica no meio do caminho entre a Mesa do Imperador e o Jardim Botânico. O mirante em estilo oriental atrai não apenas pela vista privilegiada da cidade, mas também pela riqueza de detalhes de sua construção. O Morro do Corcovado abriga a maior estátua art decó do mundo: o Cristo Redentor. Os visitantes com melhor preparo físico podem aproveitar a oportunidade para desbravar o Corcovado pela trilha que começa no Cosme Velho e leva até a estátua. Conhecido não apenas por sua arquitetura e flora apuradas, o Parque Lage é o cenário ideal para tardes agradáveis de relaxamento ou para um elaborado café da manhã em um dos estabelecimentos do espaço.

Setor Pedra Bonita / Pedra da Gávea

A 842 metros do nível do mar, a Pedra da Gávea pode ser acessada por São Conrado ou pela Barra da Tijuca, sendo esta última a trilha mais utilizada. Do alto da Pedra da Gávea é possível avistar grande parte do Parque Nacional da Tijuca, incluindo o Corcovado e as praias de São Conrado, Ipanema e Leblon, além da Lagoa Rodrigo de Freitas e a Barra da Tijuca. Os menos experientes ou com pouco preparo físico devem optar pela Pedra Bonita como meta, dada a facilidade de acesso comparada à contígua Pedra da Gávea. Em até 30 minutos partindo da Estrada das Canoas chega-se ao topo da pedra, que descortina as zonas Oeste e Sul e a Floresta da Tijuca. De tirar o fôlego!

Setor Serra da Covanca / Pretos Forros

O setor abrange áreas das zonas Oeste e Norte, compondo uma região de recuperação que não é aberta à visitação.

Como chegar

Setor Floresta da Tijuca

Entrada na Praça Afonso Vizeu, no Alto da Boa Vista. | Acesso pela Estrada do Alto, tanto vindo da Tijuca (pela Av. Edson Passos) quanto da Barra da Tijuca e do Itanhangá (pela Estrada das Furnas).
De ônibus: linhas 301, 302, 333 e 345.
A Cachoeira das Almas, local liberado para banho nesse setor, fica a aproximados três quilômetros da entrada do Parque.
Horário de funcionamento: Diariamente, 8h às 17h.

Setor Serra da Carioca

Corcovado e Paineiras
Acesso pelo bairro de Santa Teresa (R. Almirante Alexandrino) e pelo Alto da Boa Vista (R. Amado Nervo), ambas em direção às Paineiras e ao Corcovado. Pelo Jardim Botânico (Rua Pacheco Leão em direção à Vista Chinesa).
Atenção: carros particulares devem estacionar nas Paineiras, ao lado da entrada para o Monumento. O percurso entre a entrada principal e a estátua é feito por um sistema de vans.

De ônibus: só é possível fazer parte do trajeto utilizando as linhas 583, 584, 569 e 570 (deve-se descer no Cosme Velho e seguir de táxi o restante do trajeto).
A pé ou de bicicleta: muitos sobem até o Parque a partir do Jardim Botânico, aproveitando para visitar a Vista Chinesa, a Mesa do Imperador e as cachoeiras do Quebra e Box (ou dos Macacos) que ficam no caminho (utilizando a Estrada Dona Castorina, que começa no Jardim Botânico).
De trem: A estação do Trem do Corcovado fica na Rua Cosme Velho, 513 – Cosme Velho. Os trens partem a cada 30 minutos e o percurso dura 20 minutos até o monumento.
De van: Pontos de saída ficam no Largo do Machado, ao lado da saída da estação de metrô, e na Praça do Lido, em Copacabana. As vans partem a cada 10 minutos.

Parque Lage
Rua Jardim Botânico, 414 – Jardim Botânico
Tel. 3257-1800
Horário de funcionamento: Diariamente, 8h às 17h
www.eavparquelage.rj.gov.br
Como chegar: Da estação do metrô de Botafogo pegar integração para o Jardim Botânico ou Gávea.
Ônibus: 170, 172 ,174, 176, 179, 409, 410, 571, 573 e 583.

Setor Pedra Bonita/Pedra da Gávea

Pedra Bonita
Onde está a rampa de voo de asa delta e o acesso do Pico Agulhinha. Acesso pela Estrada das Canoas, até chegar ao Caminho da Pedra Bonita.
De ônibus: linha 448 – Maracaí, que passa pela Estrada das Canoas (o trecho do Caminho da Pedra Bonita não é feito pelo ônibus).

Pedra da Gávea
Acesso pela Estrada Sorimã, na Barra da Tijuca.

Setor Serra da Covanca / Pretos Forros
Não permite visitação.

ENDEREÇO

Estrada da Cascatinha, 850 - Alto da Boa Vista
Rio de Janeiro - RJ

+55 21 2492-2252

+55 21 2491-1700

horário de
Funcionamento

Todos os dias, das 8h às 17h. Até as 18h durante o horário de verão.

Envie por email

Enviando mensagem...